Genética Suína

História

No Brasil, a DB Genética Suína repete o mesmo sucesso da suinocultura Dinamarquesa, povoando granjas em todo o território nacional, incluindo a grande maioria das agroindústrias do país e mudando, definitivamente, os referenciais de produtividade por onde atua.

Suínos produzidos por matriz por ano, kg de carne produzidos por matriz ano e fertilidade são alguns dos condicionantes técnicos que impactam profundamente o sucesso econômico das empresas parceiras da DB Genética Suína, assim como o retorno do investimento, crescimento e lucratividade.

Além disso, a DB participa ativamente da cadeia de produção da carne suína, fornecendo material genético de alta qualidade e produtividade para seus clientes, satisfazendo às premissas de seus proprietários, colaboradores e, ainda, está aliada à defesa do meio ambiente e ao respeito animal.

Genética Suína

Matriz DB90

A consagrada matriz DB90 é reconhecida por sua excepcional prolificidade, maior desempenho e longevidade em gestação coletiva e eficiência comprovada em conversão alimentar. Além da maior docilidade e a grande facilidade de manejo, a DB90 destaca-se pela garantia genética de maior vitalidade dos leitões, por meio da exclusiva metodologia LV-5 (leitões vivos ao 5º dia). São essas características, que levaram a DB Genética Suína a ultrapassar o patamar de 39 desmamado/fêmea/ano, mantendo o foco na qualidade e no desempenho dos animais.

A DB90 é indicada para o cruzamento com os reprodutores LI7600 e LQ1250, produzindo, assim, os melhores animais terminados para o produtor e a indústria de processamento.

  • Reconhecida nacionalmente por sua excepcional prolificidade, maior desempenho e longevidade em gestação coletiva;
  • Eficiência comprovada em conversão alimentar;
  • Fêmea dócil e de fácil manejo;
  • Garantia genética de maior vitalidade dos leitões reconhecida pela metodologia LV-5 (leitões vivos ao quinto dia);
  • A DB90 ultrapassou o patamar de 39 desmamados/fêmea/ano.

Genética Suína Genética Suína

Avós DB20 e DB30

As avós D20 e DB30 são fêmeas de alto valor genético, que povoam granjas multiplicadoras e núcleos filiais, visando a produção da reposição interna de matrizes comerciais. São linhagens de alto padrão, destacando-se pela hiperprolificidade e pela excelente habilidade materna, gerando leitegadas de alto vigor híbrido.

As avós DB são selecionadas de acordo com um índice que contempla características de desempenho reprodutivo e produtivo, eficiência alimentar e características de carcaça, o que faz com que essas linhagens sejam a melhor expressão do ganho genético global para as granjas brasileiras.


Genética Suína

Reprodutor LQ1250

O LQ1250 veio para superar as expectativas em um mercado cada vez mais exigente. Um dos principais atributos do reprodutor é a excepcional qualidade de carne, com características muito valorizadas ela indústria e pelo consumidor, tais como marmoreio, suculência e maciez. O LQ1250 destaca-se também pelo alto padrão de desempenho zootécnico, com excelente conversão alimentar, alta velocidade de ganho de peso e baixa mortalidade nas fases de crescimento e de terminação.

  • Alta libido;
  • Ótimo rendimento de carcaça;
  • Baixas taxas de mortalidade nas fases de crescimento e terminação;
  • LQ1250 é o terminador mais competitivo do mercado. Alta produtividade aliado ao menor custo de produção;
  • Maior ganho de peso diário e melhor conversão alimentar;
  • Excepcional qualidade de carne: PH, coloração e marmoreio;
  • Animais dóceis e de fácil manejo;
  • Alta resistência a doenças;
  • A linhagem é robusta e apresenta níveis uniformes de crescimento do nascimento ao abate.

Genética Suína

Reprodutor LI7600

As linhagens que compõem o macho LI7600 foram amplamente selecionadas para ganho de peso diário com reduzida conversão alimentar, aliando também, ganho de musculatura e de conformação, o que traz ótimos rendimentos de carcaça na indústria.

Totalmente livre do gene halotano, o macho LI600 apresenta excelente qualidade de carne e ótimo ganho de peso diário, trazendo benefícios ao produtor e à indústria.

  • Reprodutor livre do gene halotano;
  • Excelente qualidade de carne;
  • Menor conversão alimentar;
  • Ganho de musculatura e conformação, que proporciona ótimo rendimento de carcaça.

Genética Suína

DGA DB

O principal objetivo do programa de Difusão Genética Avançada (DGA) é otimizar e difundir o uso dos melhores reprodutores, por meio da comercialização de doses de sêmen, proporcionando a atualização genética contínua dos plantéis multiplicadores e comerciais, de forma rápida, econômica e segura, do ponto de vista sanitário.

São quatro Unidades de Difusão Genética (UDG), localizadas em regiões estratégicas, com foco em oferecer um serviço profissional, com tecnologia de ponta, rigorosos controles de qualidade e logística avançada, que atendem a todas as exigências do mercado nacional.

As doses de sêmen são coletadas dos reprodutores do topo da pirâmide do melhoramento genético, incluindo os machos importados diretamente da nossa parceira dinamarquesa, a DanBred. Nas UDGs, também estão alojados os melhores reprodutores das nossas linhagens comerciais, oriundos de estações próprias de testes, selecionados a partir de uma criteriosa avaliação individual.

Ao possibilitar a todos os suinocultores - independentemente da localidade, sistema de produção ou tamanho do plantel, acesso ao progresso genético obtido por nosso programa de melhoramento, o programa DGA-DB favorece a eficiência produtiva do rebanho e a melhoria dos índices zootécnicos da granja, proporcionando maior retorno econômico para o suinocultor.

Estrutura

DB Genética Suína Estrutura A DB Genética Suína desenvolveu o mais moderno e consistente sistema de classificação zootécnica de machos terminadores. Com base em parâmetros de desempenho, dados ultrassonográficos e estimativas de herdabilidade, todos os machos terminadores DB Genética Suína são individualmente classificados, garantindo ao cliente a certeza do retorno econômico sobre o investimento realizado.

Ciente do impacto econômico advindo da utilização de machos de alto valor genético, a DB Genética Suína possui as maiores Estações de Teste de reprodutores suínos do Brasil. São três estações próprias, capazes de avaliar simultaneamente centenas de machos terminadores selecionados e alojados individualmente. Os dados de ganho de peso, conversão alimentar, escore de conformação muscular, ultrassonografia de carcaça, dentre outros, são processados por equações matemáticas que geram índices preciosos de classificação zootécnica.

Inovação, ética, transparência e utilização de altas tecnologias, são com esses princípios que a DB Genética Suína se consolidou como líder, investindo em produção e permitindo o aumento consistente de produtividade e maior competitividade no mercado suinícola brasileiro.

Voltar